Combustíveis voltam a subir. Gasóleo em máximos de dois meses

Aumentos acontecem tanto nas bombas das principais gasolineiras como nos postos dos hipermercados, apurou o Jornal Económico.

O preço dos combustíveis volta a encarecer a partir de segunda-feira. A evolução das cotações em euros aponta para um aumento dos preços: “no caso do gasóleo até meio cêntimo e na gasolina até um cêntimo por litro”, adiantou fonte do setor ao Jornal Económico.

As subidas vão sentir-se tanto nas bombas das principais gasolineiras como nos postos dos hipermercados, onde os preços vão aumentar “meio cêntimo por litro em ambos os produtos”. Com esta atualização, o preço do ‘diesel’ passa a valer o mesmo que em dezembro de 2018, segundo dados da Direção Geral de Energia e Geologia (DGEG).

Na primeira semana de janeiro de 2019, o gasóleo era comercializado a 1,341 euros por litro e a gasolina a 1,448 por litro, em termos médios, mostram os mesmos dados.

De acordo com a DGEG, o preço médio do litro de gasolina em Portugal custa atualmente 1,447 euros enquanto o do gasóleo vale 1,372 euros. As cotações podem no entanto variar nos postos de abastecimento, já que o preço fixado na rede tem ainda em conta o nível de concorrência, da oferta e da procura em cada mercado e o nível de custos fixos de cada posto.

O último relatório de Bruxelas mostra que, depois de impostos, o preço médio da gasolina 95 octanas praticado em Portugal é o sétimo mais caro em toda a UE. Já o gasóleo ocupa a 8ª posição entre os países do espaço comunitário. Os mesmos dados mostram que a fiscalidade é o factor que mais pesa nos preços dos combustíveis em Portugal.

Entre os 28 Estados-Membros, o preço médio de referência da gasolina ronda os 1,339 euros por litro, enquanto o ‘diesel’ vale 1,312 euros por litro. Já na zona euro, um litro de gasolina custa 1,374 euros e um litro de gasóleo vale 1,308 euros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *